terça-feira, 6 de julho de 2010

Milad


Eu tenho muito carinho pelo Milad (Ministério de Louvor e Adoração), pois foi um grupo muito influente na minha vida e, de certa forma, é até hoje!

Em 1987, eu e meus amigos Marquinhos Munhoz e Mirandinha, embarcamos na rodoviária de São Paulo rumo à Goiânia, no Acampamento da ABE. Na época, eu era o mais velho com 15 anos, o Mirandinha tinha 14 (se não me engano!) e o Marcos, 13!

Estávamos devidamente autorizados e liberados pelo juizado de menores para viajar, foi uma experiência bem legal!

Chegando em Goiânia, meu primo Fabinho Silva e mais um rapaz foram buscar-nos na rodoviária para levar-nos ao acampamento!

Como chegamos antes que os demais acampantes, nos alojamos e fomos nos divertir pelo local e aí começa meu contato com o Milad! Jogamos tênis de mesa com o Valmir que era o baterista do Milad, cara gente-boa! O Valmir foi até a cozinha trazer doce-de-leite para nós!

Após a chegada dos acampantes, as caixas de som do local tocavam Milad o tempo todo, era incrível tinha até o sambinha 'Acredite ou não', nunca mais me esquecerei daqueles momentos!

Durantes as programações, o louvor era dirigido pelo Milad, sempre! Foi o meu primeiro contato ao vivo com uma "banda de verdade"! Foi o máximo!

De tudo no Milad, o que mais me chamou a atenção (e a razão pela qual eu digo que me influencia até hoje!) foi o Beto, ele fazia uns sons muito interessante e que enfeitavam as músicas do Milad. Parecia um camelô com tantas 'tralhas' e bugigangas, que mais tarde fiquei sabendo que era a percussão do Milad!

Eu ficava o tempo todo admirando o que o Beto fazia, era tudo muito bacana e fazia diferença nas músicas! Talvez por esta experiência que eu tenha me tornado percussionista também! Não sou 'profissa', mas já tive experiências muito produtivas!

Outra coisa que me chamou a atenção no Milad, era que (enquanto ficávamos fazendo as atividades do acampamento) eles ficavam ensaiando músicas populares da região e, depois do louvor, iam ao shopping evangelizar! Começavam com as músicas populares para chamar a atenção do povo e depois incluiam suas próprias músicas para evangelizá-los!

Muitas das músicas do Milad ficaram famosas, algumas cantamos até hoje em nossa igreja como "Não tenhas sobre ti"! Outras que também marcaram foram: "Olhos no espelho", "Virada radical", "Acredite ou não", "Conheci um grande amigo", "Esquinas cruéis", "Água viva", etc.

Vale a pena, se tiver a oportunidade, de adquirir estes discos que foram relançados em CD! Entre em contato com o Milad pelo e-mail: milad@milad.com.br.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | GreenGeeks Review